Dr. Rafael Parente

Ombro do arremessador: entenda

Ombro de arremessador

Você já ouviu falar sobre o ombro do arremessador? Esse problema ocorre de forma mais frequente em quem pratica esportes que podem sobrecarregar a região. O ombro do arremessador representa um conjunto de alterações, como lesões, contratura da cápsula posterior, mudanças na rotação do ombro e nos movimentos normais da escápula.

O termo é uma expressão chamada throwing shoulder em inglês e costuma causar dor e desconforto. Por isso, é importante alguns cuidados como repouso e fortalecimento dos músculos da região.

O problema pode ocorrer em pessoas de qualquer idade, mas é mais comum em quem pratica esportes de arremesso, como vôlei, beisebol, tênis, handebol e arremesso de peso. Isso porque, nessas atividades, o ombro realiza um movimento muito amplo, o que pode causar lesões.

Além da dor, a condição também pode causar a limitação de movimentos, quando a pessoa não consegue executar o movimento como antes. Vale destacar que outras lesões no ombro podem ter sintomas parecidos e por isso é fundamental procurar atendimento médico especializado para avaliar cada caso.

É possível prevenir o ombro de arremessador?

Uma das dicas para evitar esse problema é fazer um alongamento do ombro com frequência ao praticar esportes, priorizando também o alongamento dos músculos da parte interna do braço. É indicado que isso seja feito várias vezes ao dia. Também é importante fortalecer os músculos da região. Além disso, é essencial manter exames de rotina e acompanhamento junto ao médico em dia

Em geral, o tratamento para esse problema envolve repouso do ombro e exercícios para fortalecer e alongar a região, que podem ser feitos por meio da fisioterapia, por exemplo. Nos casos mais graves, o procedimento cirúrgico pode ser recomendado. A cirurgia é feita para corrigir as lesões e varia conforme as características do problema apresentado pelo paciente.

Sobre o Dr. Rafael Parente

Médico ortopedista e traumatologista, especialista em cirurgia do ombro e cotovelo com atuação em Brasília, no Distrito Federal. Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo.
Atua com tratamento cirúrgico de fraturas do ombro e cotovelo, infiltrações articulares, tratamento de lesão do manguito, luxação no ombro ou cotovelo, epicondilite, bursite, lesão do bíceps, lesão do peitoral, lesão do tríceps e dores no ombro em geral.
Atende na Clínica de Ortopedia, Traumatologia e Especialidades (COTE), no Hospital Santa Lúcia Norte e na Elev Ortopedia Especializada, em Brasília. Para mais informações,  clique aqui.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
SIGA MEU INSTAGRAM

Powered by Evolua Doutor