Dr. Rafael Parente

Cotovelo de tenista: você sabe quais as causas e como tratar a epicondilite lateral?

Conhecida popularmente como cotovelo de tenista, a epicondilite lateral é uma das principais causas de desconforto na região e costuma aparecer como uma dor no canto lateral do cotovelo, que se espalha progressivamente para o antebraço e o pulso. Outros sintomas relatados por quem enfrenta essa condição são fraqueza ao executar movimentos e sensibilidade na região, além de rigidez muscular e perda de flexibilidade no local.

A epicondilite é caracterizada por inflamação nos tendões e músculos do cotovelo. Sobrecarga ou desgaste nessa região podem causar fissuras no tendão, iniciando esse processo inflamatório.

Apesar da associação do nome do problema com o esporte, a condição não aparece apenas em tenistas e pode surgir também em quem realiza movimentos repetitivos com o punho e os dedos. Trabalhadores braçais e pintores, por exemplo, estão no grupo dos que podem ser afetados por esse problema, devido aos movimentos que precisam realizar ao longo do dia. A epicondilite acomete tanto homens quanto mulheres, e é mais freqüente entre pessoas de 35 a 55 anos de idade.

Em geral, o problema é tratado com repouso e com a imobilização do local, além do uso de medicações e sessões de fisioterapia, que podem ser aliadas na melhora do paciente. São mais raros os casos em que as cirurgias são indicadas. Há ainda casos em que a epicondilite se torna crônica. Dessa forma, vale ressaltar a importância de procurar um profissional especialista nessa região do corpo, já que a rapidez no diagnóstico e tratamento corretos podem acelerar a melhora do paciente, além de amenizar a dor.

 

Sobre o Dr. Rafael Parente

Médico ortopedista e traumatologista, especialista em cirurgia do ombro e cotovelo co atuação no Distrito Federal. Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo. Atua com tratamento cirúrgico de fraturas do ombro e cotovelo, infiltrações articulares, tratamento de lesão do manguito, luxação no ombro ou cotovelo, epicondilite, bursite, lesão do bíceps, lesão do peitoral, lesão do tríceps e dores no ombro em geral.
Atende na Clínica de Ortopedia, Traumatologia e Especialidades (COTE), no Hospital Santa Lúcia Norte e na Elev Ortopedia Especializada, em Brasília. Para mais informações,  clique aqui.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
SIGA MEU INSTAGRAM

Powered by Evolua Doutor